Notícias

Governo discute aquisição de máquinas para manutenção de estradas vicinais

08/02/2018 - Governo do Tocantins

O secretário de Estado do Planejamento e Orçamento, David Torres, recebeu nessa quinta-feira, 8, em Palmas, a Diretoria do Consórcio Intermunicipal do Lago, para discutir o cronograma de aquisição de máquinas e equipamentos destinados à manutenção das estradas vicinais dos municípios beneficiados com obras do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado Sustentável (PDRIS), contratado no âmbito do Banco Mundial.

Participaram da reunião os prefeitos de Porto Nacional, Joaquim Maia, presidente do Consórcio Lago; a prefeita de Brejinho de Nazaré, Miyuki Hyashida; e o prefeito de Lajeado, Dr. Tércio, além de técnicos da Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan) e do consórcio.

A subsecretária de Planejamento, Regina Botelho Martins, explico, à direção do Consórcio, que os recursos para a aquisição das máquinas e dos equipamentos de apoio institucional ao próprio consórcio, como locação de imóvel para a sede da instituição, aquisição de veículo e estruturação administrativa, no valor aproximado de R$ 8 milhões já estão definidos e que uma equipe técnica está finalizando o relatório dos pontos críticos das estradas vicinais que serão mantidas pelo consórcio.

Esse relatório, acrescentou Regina Botelho, será enviado ao Banco Mundial até a primeira quinzena de março e, não havendo objeção por parte da instituição de crédito, será aberto processo licitatório para a aquisição das máquinas e equipamentos.

O prefeito de Porto Nacional, Joaquim Maia, destacou que o Consórcio Lago está habilitado para fazer a gestão desses equipamentos que, segundo ele, serão de grande importância para o acesso da população à sede dos municípios e apoio à produção na zona rural.

Miyuki Hyashida ressaltou que somente seu município possui 30 mil hectares de soja implantados, outros 22 mil hectares de eucalipto, além de um grande potencial para a piscicultura, e que estradas em boas condições são fundamentais para o escoamento desta produção.

O secretário Davi Torres determinou, à sua equipe técnica, prioridade no cumprimento de todas as fases que constituem em esse processo e estabeleceu que irá manter o consórcio informado, semanalmente, sobre o andamento de cada etapa.

Compartilhe esta notícia