Notícias

Hospital Geral de Palmas promove ações no Dia Mundial da Sepse

13/09/2017 - Luciana Barros/Governo do Tocantins

A sepse ou septicemia, popularmente conhecida como infecção generalizada, é uma doença que pode levar à morte e ocorre quando o corpo é acometido por uma infecção, com uma série de reações que possibilitam a inflamação generalizada e coagulação do sangue. Para alertar e conscientizar a população sobre a prevenção e o reconhecimento precoce dos sinais da doença, nesta quarta-feira, 13, Dia Mundial da Sepse, a equipe do Hospital Geral de Palmas (HGP), em parceira com o Instituto Latino Americano da Sepse (Ilas), realiza uma ação de orientação no Terminal Rodoviário de Palmas. A ação ocorre das 6h30 às 10 horas e, na ocasião, será distribuído material educativo sobre a doença.

Atualmente, o HGP está inserido no Programa Nacional de Combate a Sepse. Segundo dados do Instituto Latino Americano da Sepse, o Brasil destaca índices que podem chegar a 55% de pacientes com infecção generalizada nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

A sepse se tornou a principal geradora de custos nos setores público e privado. Isto ocorre devido à necessidade da utilização de equipamentos sofisticados, custos de medicamentos, além de exigir muito trabalho da equipe médica.

Quem tem mais risco de contrair sepse?

Pacientes com câncer, Aids ou que fazem uso de quimioterapia ou outros medicamentos que afetam as defesas do organismo contra infecções. Pacientes com doenças crônicas como insuficiência cardíaca, insuficiência renal e diabetes. Usuários de álcool e drogas. E ainda pacientes hospitalizados que utilizam antibióticos, tubos para medicação (cateteres) e tubos para coleta de urina (sondas).

Sobre Ilas

O Instituto Latino Americano da Sepse é uma entidade sem fins lucrativos, fundado em 2004, que atua com o objetivo de auxiliar no processo de aperfeiçoamento da qualidade assistencial do paciente com sepse grave, por meio da implementação de protocolos de reconhecimento e tratamento baseados em evidências científicas.

Compartilhe esta notícia