Notícias

Campanha de mobilização para o Enem é tema de bate-papo com alunos da rede estadual em Araguaína

18/05/2017 - Philipe Bastos/Governo do Tocantins

Em continuidade às ações realizadas na segunda maior cidade do Tocantins, a secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, professora Wanessa Zavarese Sechim, realizou nesta quinta-feira, 18, um bate-papo com alunos da terceira série do ensino médio de escolas jurisdicionadas à Diretoria Regional de Educação (DRE) de Araguaína. Durante o encontro com os alunos, a gestora falou sobre o trabalho da Seduc no apoio dos preparativos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Ao todo, 275 estudantes lotaram o auditório da Faculdade Católica Dom Orione em Araguaína para ouvir e conversar com a professora Wanessa Sechim. A cada pergunta da secretária, os alunos respondiam com entusiasmo sonoro, o que animou a tarde de trabalho.

Entre as ações destacadas pela gestora, estão os trabalhos realizados desde o ano passado, como planejamento, avaliações diagnósticas, simulados do Enem e Proposta Pedagógica para o ano de 2017. Além disso, a professora deu dicas de estudo para que os alunos possam se preparar adequadamente para o exame que abre portas para as universidades brasileiras.

Ponto alto do trabalho da Seduc para apoiar os alunos no exame, a campanha #TONOENEM também foi comentada pela gestora. Por meio da campanha, os alunos podem encontrar ferramentas de suporte nos estudos para o Enem, como videoaulas, dicas de estudo, games e plataformas digitais para tirar dúvidas sobre as disciplinas que fazem parte do Exame.

Para se chegar a essas ações, contudo, a secretária destacou que foram ouvidos os principais envolvidos no tema. Conforme a professora Wanessa Sechim, a Seduc ouviu  alunos que foram destaque no Enem de 2016. “Diante do sonho de vocês de entrar em uma universidade, ou no mercado de trabalho, decidimos ouvir os nossos alunos para saber como poderíamos apoiar vocês na realização desses sonhos”, completou.

Entre os alunos, a possibilidade de conviver com outros jovens que irão fazer o Enem é muito positiva, à medida em que lhes possibilita trocar experiência e vislumbrar novas formas de estudar. “Estar com todos esses estudantes que estão nesta mesma fase de estudos é muito bom, nos faz ver que nos prepararmos para o Enem é fundamental. Nós também podemos conhecer novas formas de estudar e abrir nossas ideias para nos prepararmos para a prova”, disse a aluna Ruth dos Reis Valadares, da 3ª série do ensino médio do Colégio Estadual Adolfo Bezerra de Menezes.

A estudante disse que pretende cursar enfermagem e  reforçou que está se preparando com muito afinco para o Enem, mas que está dando uma atenção maior às disciplinas de Física e Biologia. “Além da escola, eu estudo uma média de duas a três horas por dia, três vezes por semana”, explicou.

Compartilhe esta notícia