Notícias

Polícia Militar destina equipamentos doados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública ao Batalhão de Polícia de Choque

20/03/2017 - Lara Tavares/Governo do Tocantins

A Polícia Militar (PM) entregou nesta segunda-feira, 20, milhares de munições, equipamentos de segurança e dois veículos, doados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), ao Batalhão de Polícia de Choque (BPCHOQUE), a fim de serem utilizados para atuação em Casas de Custódias e demais operações que objetivem a manutenção da ordem pública, além de Cursos Operacionais Especializados.

A ação faz parte do Convênio de Cooperação Federativa estabelecido entre o Estado do Tocantins e governo federal, no qual a Polícia Militar mantém policiais militares que integram a Força Nacional de Segurança Pública.

 Os materiais doados consistem em duas caminhonetes traçadas 4x4, equipamentos para tropa de choque como 60 caneleiras antitumulto, 430 granadas de gás lacrimogênio, 60 máscaras contra gases com filtro e equipamentos não letais como 500 munições de borracha e 40 bastões policiais. Além disso, também tem 1.050 granadas fumígenas e de gás lacrimogêneo e 1.200 munições para serem utilizadas no treinamento de policiais militares do BPCHOQUE.

Para o tenente-coronel Wander Araújo Vieira, comandante do BCPCHOQUE, a doação fez parte de uma solicitação da PMTO com vistas em atender as demandas de operações em Casas de Custódias e para eventuais motins. Além do mais, o material ainda será empregado na formação e na capacitação do efetivo da unidade para atuar em ocorrências em que haja necessidade de intervenção policial.

Segundo o comandante-geral da PM, coronel Glauber de Oliveira Santos, os materiais doados irão assegurar melhores condições de atuação de policiais militares frente às ocorrências de grande complexidade, contribuindo para que a sociedade tenha uma resposta mais eficiente da polícia.

BPCHOQUE

O BPCHOQUE é composto pelo Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (GIRO), que atua em ocorrências que envolvam infratores que utilizam motocicletas; e pelas Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), que são um grupo integrado de policiais militares que fazem patrulhamento tático e abordagens com viaturas, na zona urbana, em apoio às viaturas de áreas no atendimento a ocorrências. Por sua vez, o BPCHOQUE também é integrado pelo Grupo de Operações com Cães (GOC), que emprega o cão policial em atividades de Segurança Pública, quer ser de caráter preventivo ou repreensivo.

Compartilhe esta notícia