Notícias

Alunos de escolas públicas e particulares podem se inscrever na Olimpíada de Matemática

17/03/2017 - Núbia Daiana Mota / Governo do Tocantins

Há 15 dias do encerramento das inscrições da 13ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) alerta as unidades de ensino para que não percam a data limite para a adesão, que pode ser feita até 31 de março no site www.obmep.org.br.

Por meio da Gerência de Programas e Projetos Educacionais, a Pasta está mobilizando as instituições de educação básica para participarem da competição que visa estimular o estudo da matemática e promover a inclusão social por meio da difusão de conhecimentos.

“Estamos realizando ações de sensibilização com as unidades de ensino, em parceria com as Diretorias Regionais de Ensino, a fim de que todas as escolas da rede estadual confirmem a adesão e incentivem a participação dos estudantes nessa competição que instiga a busca pelo conhecimento matemático e revela jovens talentos da área”, ressalta a secretária da Educação Juventude e Esportes, professora Wanessa Zavarese Sechim.

Podem participar, estudantes que estejam cursando do 6º ano do ensino fundamental até a 3ª série do ensino médio. Este ano, a novidade é que, além dos alunos das escolas públicas, também poderão se inscrever os discentes das unidades escolares particulares mediante pagamento de taxa no valor de R$ 4,00 por inscrição.

Em 2016, o Tocantins registrou mais de 186 mil inscritos, sendo 153.346 alunos das escolas estaduais. Até esta quinta-feira, 16, cerca de 62 mil estudantes tocantinenses já garantiram a participação na Olimpíada de Matemática.

Provas e premiação

As provas são realizadas em duas fases. Na primeira etapa, que acontece no dia 6 de junho, nas próprias escolas, os estudantes terão que responder a uma avaliação objetiva de 20 questões. Os alunos classificados para a segunda etapa, marcada para 16 de setembro, terão que solucionar seis questões da prova discursiva, que será aplicada em centros escolhidos pela organização da Obmep.

Os melhores colocados, além de receber medalhas conforme o desempenho na competição, serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica Júnior, que propicia aos alunos um contato mais aprofundado com a matemática. A iniciativa oferece diversas atividades orientadas por professores qualificados em instituições de pesquisa, objetivando despertar a vocação científica dos alunos, além de estimular a criatividade por meio de problemas matemáticos.

Compartilhe esta notícia