Notícias

Educação promove formação do programa Escola Comunitária de Gestão Compartilhada em Dianópolis

11/10/2017 - Núbia Daiana Mota/Governo do Tocantins

Os membros das Associações de Apoio à Escola de Dianópolis e região participaram, na terça-feira, 10, da formação técnica do programa Escola Comunitária de Gestão Compartilhada, oferecida pela Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc). Além de subsidiar a atuação das associações, a capacitação visa socializar ações, projetos e ferramentas que fortalecem a gestão das unidades escolares. 

O programa Escola Comunitária de Gestão Compartilhada foi reestruturado na atual gestão estadual, contemplando projetos e ações voltadas para a consolidação de uma educação de qualidade, priorizando a participação da comunidade no planejamento e na tomada de decisões. A implementação do programa visa repensar as práticas de gestão escolar para apresentar melhores resultados, identificando as fragilidades e promovendo intervenções relevantes por meio da autoavaliação.  

De acordo com a técnica da Seduc, Nélida Gomes de Azevêdo, que ministrou a capacitação, o programa visa implementar ações, projetos e programas com foco na melhoria dos resultados educacionais. “Para que se garanta o acesso, a permanência e o sucesso da aprendizagem do aluno, é necessário a participação de todos: escola, família e comunidade em geral", enfatizou.  

Para a coordenadora financeira da Escola Batista B.H. Foreman, Maria Nadir Rodrigues Marinho, a formação contribuiu para fortalecer a participação efetiva da Associação, “tornando a gestão ainda mais democrática, além de esclarecer o papel e a importância da atuação do Conselho Escolar”, disse.  

"Esse foi um momento maravilhoso, que trouxe o entusiasmo e a garra aos membros participantes das associações. E assim, por meio de novas ações, certamente fortaleceremos a autonomia da escola, com o envolvimento da comunidade escolar e local no planejamento e na gestão pedagógica, administrativa e financeira da escola para a oferta de um ensino cada vez melhor", avaliou a técnica da DRE, Sandra Santana.

Compartilhe esta notícia