Notícias

Ruraltins apoia agricultores do Projeto São João e alavanca produção

11/01/2017 - Lúcia Brito / Governo do Tocantins

O Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) está presente no Projeto de Irrigação São João prestando orientações e oferecendo aos agricultores alternativas sustentáveis de produção.

Segundo o engenheiro agrônomo Saint Hunter, um dos extensionistas responsáveis pela assistência técnica no projeto, a introdução de novas tecnologias, o controle de pragas e doenças, a elaboração de projetos para acesso ao crédito rural, além do cadastramento dos agricultores em programas institucionais como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), são algumas das atividades realizadas junto aos agricultores.

“O nosso objetivo dentro do São João é manter os produtores envolvidos no processo produtivo, conscientes da necessidade de um bom planejamento, do manejo correto das culturas irrigadas e das políticas públicas voltadas para o setor. Além disso, procuramos sanar os problemas enfrentados por eles na condução das atividades. Esse projeto é uma escola para o Brasil, pois é muito bem construído, capaz de gerar emprego, renda e melhoria na qualidade de vida das famílias rurais”, definiu o engenheiro.

Um dos agricultores assistidos pelo Ruraltins é senhor Dário Alves Martins, que há dois anos atua no projeto São João, onde cultiva banana, mandioca, manga e pinha. Ele contou que o carro chefe da propriedade é a produção de banana das espécies prata anã e nanica, comercializada no Ceasa e nos supermercados da capital. “Como o sistema é irrigado, tenho produção o ano inteiro, e no dia a dia, com as orientações dos técnicos vamos rompendo as dificuldades e produzindo com mais qualidade. Quem acredita, quem investe, tem coragem e segue o caminho traçado, consegue viver da terra com dignidade”, avaliou.

Com uma produção bem diversificada, mantendo na propriedade o plantio constante de mandioca, feijão, milho, coco, jiló, abacaxi, quiabo, abóbora, dentre outros produtos, a agricultora Neilde Oliveira de Sousa, de 62 anos, a partir deste ano, será uma das beneficiárias do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Assim como o senhor Dário, há cinco anos é moradora no Projeto São João, e recentemente, com o apoio técnico do Ruraltins, conseguiu emitir o Documento de Aptidão ao Programa Nacional da Agricultura Familiar (DAP), que é a identificação da agricultura familiar.  De posse da DAP, um dos pré-requisitos para acessar o PAA, ela se diz satisfeita por mais essa conquista.  

“Meu filho é agricultor e já vende para o PAA, há dois anos. Agora, eu também serei uma das beneficiarias. Estou muito feliz, pois é um dinheiro certo que entra pra complementar a renda da família. A presença dos extensionistas, dentro do São João, facilita a nossa vida”, disse, complementando que ela e o marido são feirantes e também fornecem alimentos para oito restaurantes da Capital.

São João

O projeto de irrigação São João teve início em 2001 e compreende a implantação de infraestrutura para hortifrutigranjeiros e frutas, empregando tecnologias avançadas de irrigação por gotejamento e microaspersão. Localizado à margem direita do reservatório da Usina Hidrelétrica Luiz Eduardo Magalhães (Rio Tocantins), no sentido Palmas/Porto Nacional, pela Rodovia TO-050, o projeto possui uma área total 5.129 hectares, sendo 3.654 hectares de área irrigável. A área compreende 326 lotes para pequenos produtores e 38 empresariais.

Compartilhe esta notícia