Notícias

Estudante viaja para os Estados Unidos para representar o Tocantins no Programa Jovem Embaixador 2017

11/01/2017 - Abrão de Sousa / Governo do Tocantins

Encontra-se no Distrito Federal (DF) o estudante Guilherme Gandara da Fonseca, 17 anos. Aluno da 3ª série do Colégio Estadual Lavandeira, do município de Lavandeira, região sudeste do Tocantins, ele está entre os 49 alunos de todo o Brasil que farão a viagem representando os seus estados pelo Programa Jovem Embaixador, em intercâmbio nos Estados Unidos.

Entre os dias 10 e 13 de janeiro, os jovens embaixadores recebem direcionamentos sobre a pré-partida e entrevista de visto de entrada nos Estados Unidos. O embarque internacional está confirmado para esta sexta-feira, 13.

Guilherme preencheu todos os requisitos do programa, como estar na faixa etária entre 15 e 17 anos de idade, cursar o ensino médio na rede pública, ter excelente desempenho escolar, além de bom nível na língua inglesa. Também são fundamentais a boa relação na escola e com a comunidade, bem como ter realizado trabalho voluntário. Outras características de Guilherme são a capacidade de comunicação, a liderança e a pró-atividade. Todo esse conjunto contribuiu para a classificação do estudante.

Entre as ações voluntárias desempenhadas por Guilherme está a participação no grêmio do colégio onde estuda. Juntamente com os outros integrantes, ele desenvolve ações como arrecadação de fundos para cestas básicas, doação de brinquedos, competições esportivas, eventos culturais.

Para melhorar o domínio da língua inglesa, o estudante contou que teve apoio da unidade escolar, visto que nunca fez um cursinho da língua em outro local. “Minha professora de língua inglesa, Rosana Marica, incentiva muito a gente a estudar. A gente se diverte muito, e aprende com música, internet e outras formas de interação com o inglês. O apoio da escola foi muito importante”, afirmou.

Intercâmbio

A duração do intercâmbio é de três semanas e acontecerá entre 14 de janeiro a 4 de fevereiro. Nesse período, os novos embaixadores passarão pela capital Whashington e, em seguida, em grupos pequenos, seguirão para outras cidades onde se hospedarão em casas de famílias voluntárias.  Eles ainda participarão de oficinas de liderança, educação cívica, frequentarão aulas em escolas públicas da região, participarão de atividades de voluntariado, além de fazerem apresentações sobre o Brasil.

Acontecerão também visitas guiadas a pontos históricos/culturais, reuniões nos Departamentos de Estado e de Educação, visitas a escolas e projetos sociais, participação em seminários/oficinas sobre justiça social e voluntariado, reunião de avaliação do programa e preparação para o retorno ao Brasil.

Participação

A quantidade de inscritos no Tocantins foi significativa, alcançando 185 jovens nesta edição. Marcia Ribeiro, técnica da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) e coordenadora do programa no Tocantins, afirmou que a quantidade de participantes é devido a mobilização realizada. “Acontecem muitas ações para divulgação do programa nas escolas, para o incentivo à participação dos estudantes”, explicou.

O programa visa beneficiar alunos brasileiros de destaque na rede pública de ensino por seu perfil de liderança, atitude positiva, consciência cidadã, excelência acadêmica e conhecimento da língua inglesa. Busca-se com isso ampliar os horizontes desses jovens e, ao mesmo tempo, valorizar e promover o fortalecimento da educação pública, transformando-os em modelos para os seus colegas e a sua comunidade.

Compartilhe esta notícia